Uncategorized

Assembléia da CBDA é cancelada

De forma totalmente discreta (atualizaram o site depois deste artigo e foi dado destaque, 15/mar, 14:00). Removeram novamente do destaque a imagem abaixo e deixou o aviso de forma totalmente discreta, jogada entre outras notícias. (16/mar, 15:30)

A CBDA publicou em seu site um aviso onde cancela a Assembléia Geral Ordinária marcada para o dia 18 de março, este sábado:

AVISO DE CANCELAMENTO DA
ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA DA CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE DESPORTOS AQUÁTICOS
CNPJ 29.980.273/0001-21

A Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos – CBDA torna público o Cancelamento da Assembleia Geral Ordinária designada para o dia 18.03.17, cujo edital de convocação restou publicado no Diário Oficial da União, nº 34, Seção 3, em 16.02.2017. O cancelamento da Assembleia Geral Ordinária se deu em razão da decisão do Exmo. Juiz Leonardo de Castro Gomes, da 17ª Vara Cível da Comarca da Capital do Rio de Janeiro. Imediatamente após o cumprimento do estabelecido na decisão judicial, o que se dará com a maior brevidade possível, será convocada nova Assembleia. 

Rio de Janeiro, 09 de março de 2017.
http://www.cbda.org.br/cbda/natacao/noticias/17897/aviso-de-cancelamento-da-assembleia-geral-ordinaria

Tem algumas coisas erradas e estranhas aí:

  1. O aviso está datado dia 9 de março mas somente foi publicado hoje no site oficial. Ainda assim, Federações Aquáticas que apoiam a oposição atestam que não receberam este comunicado no dia 9, como manda o Estatuto da CBDA. Ou sequer receberam o comunicado!
  2. A Assembleia Geral é Ordinária e Eletiva, e não só Ordinária, conforme o referido edital do aviso. Porquê querem esconder o fato de que existem uma eleição em jogo?
  3. A decisão do Juiz Leonardo de Castro Gomes é bem clara: ele manda suspender a eleição da CBDA, não a Assembléia, que poderia muito bem ter sido conduzida para finalmente liberar o calendário oficial e outros assuntos que não fazem parte da esfera eletiva, o país não pode parar: “(c) condenar a ré a se abster de realizar as eleições de sua Diretoria e membros do Conselho Fiscal, inclusive aquela prevista para o dia 18/03/2017, até que se regularize a Comissão Nacional de Atletas conforme aqui determinado, pena de ineficácia dos atos praticados pelos eleitos;”

 

Leave a Comment

Your email address will not be published.

You may also like