Uncategorized

Duas convocações, dois erros

É fato que a Diretoria Técnica de Natação da CBDA está sobrecarregada.

São dezenas de eventos, alguns simultâneos, incêndios em todos os lados para apagar, coordenações de seleções nacionais, reuniões com o Comitê Olímpico Brasileiro, bolsa-atleta, planejamento de campeonatos brasileiros…

E há algum tempo também tem que prestar mais atenção nos relatórios que o sistema próprio da CBDA gera.

Captura de Tela 2013-01-31 às 21.26.01

O boletim acima corrige o original sobre a Clínica CBDA-Correios Preparatória para 2016.

Captura de Tela 2013-01-31 às 21.27.56

 

E este acima corrige o boletim de convocação da seleção brasileira para os dois eventos Multinations.

Apesar de constar o nome do presidente nos dois boletins de correção e da rapidez ao emitir tais correções, tal processo usa o mínimo de esforço do presidente da Confederação.

O erro foi consertado à tempo, mas ainda permanece obscuro o porquê de não haver um olho atento antes de emitir qualquer boletim que faz menção a atletas, confiando plenamente em um sistema desenvolvido especialmente à entidade que inicialmente custou R$ 200 mil em 2010.

Captura de Tela 2013-01-31 às 21.40.23

 

Estes dois erros citados não são os únicos. Parece-me que o problema não é o sistema, programa, software ou hardware, mas sim seus operadores.

Estamos no dia 31 de janeiro de 2013, e o ranking 2012 em piscina longa, divulgado “oficialmente” no site da CBDA, ainda estampa em sua primeira página, primeiro tempo, primeira prova, o nome de Glauber Henrique Silva com seu resultado obtido na Tentativa Olímpica, realizada em maio/2012 no Rio de Janeiro, resultado que foi anulado pelo Painel de Doping da CBDA em 27 de junho de 2012.

Captura de Tela 2013-01-31 às 21.42.34

 

Não seria supresa, então, se vocês encontrassem o nome de Glauber na clínica “preparatório para 2016”.

Ainda no ranking, agora na piscina de 25m, encontramos até um atleta que não existe:

Captura de Tela 2013-01-31 às 22.00.35

 

Leonardo Francia de Deus não existe, mas sim Leonardo Gomes de Deus. Mas peraí, ele nasceu em 1991. Será que seria o Felipe Alves França da Silva? Não também, ele nasceu em 1987. Existem 4 citações desse registro 016867 no ranking (clique aqui para ver). Mas o atleta realmente não existe. Ele foi cadastrado apenas com os resultados da Copa do Mundo de Berlim, e o correto é que tais resultados são de Leonardo de Deus.

Mas, novamente: alguém confere? Já pode-se afirmar que da parte de informática não é possível confirmar a veracidade dos dados incluídos no banco de dados da Confederação. Mas e o departamento técnico de natação, onde está? Por que ainda não exigiu tais correções?

Não é possível compreender a lógica para “investir” mais de meio milhão de reais em um sistema informatizado, quando a CBDA torna público ou simplesmente ignora estes tipos de erros – todos ligados a fatores humanos – que comprometem sua já falida idoneidade organograma abaixo: outros departamentos da CBDA, federações, clubes, técnicos e por fim, os atletas.

Aos boletins que envolvam relação, convocação e ranqueamento, é preciso ter mais atenção ao lê-los. Não dá para confiar.

EM TEMPO:

Alguém aí viu os critérios para elaborar esta lista dos atletas que participarão da famigerada clínica “preparatória”? E os critérios para a comissão multidisciplinar? Preservando os nomes, já recebi algumas reclamações sobre esse nebuloso critério baseado apenas no ranking – que como podem notar, não é confiável.

 

Leave a Comment

Your email address will not be published.

You may also like