Uncategorized

Promessas de campanha

Deu no Blog do Coach hoje:

1053270_565845936794866_150699446_o
Coaracy e seus comparsas: obrigado por votarem em mim, agora dá licença que vou cuidar dos meus assuntos, já terminou o que preciso de vocês

Mensagem da Federação de Rondônia para todas Federações Estaduais

Amigos Presidentes,

         Mais uma vez caímos no conto do vigário, e diga-se de passagem “um vigário Presidente”, esperto e matreiro.

Na ultima Assembléia Geral da CBDA não fomos pegos de surpresa não, fomos sim ingênuos e pueris ao ponto de elocubrar mais uma vez situações, passando um atestado de 100% de toda nossa credibilidade a outrem, para dirigir por longo tempo verbas, projetos, pessoas, sonhos e destinos, da forma que bem entender; creiam e acreditem que as Federações não fazem parte dessa ideia olímpica traçada pelos honrados membros da CBDA.

         Tivemos a real possibilidade de reverter essa pendenga financeira-administrativa, infelizmente não fomos hábeis o suficiente para mantermos o que tínhamos acordado na véspera da votação, muitos de nós se acovardaram, mudaram de discurso na hora do olho-no-olho, simplesmente fraquejamos e temos, todos, de nos colocarmos em igual condição quanto ao não alcance de nossa reivindicação maior que era a “ajuda” ou repasse financeiro mensal, que iria “salvar” a grande maioria das Federações estaduais.

         Ressaltando um linguaja até certo ponto chulo, percebo a um bom tempo, que a CBDA está nem um pouco se lixando com as Federações, ela apenas usa de forma promíscua nossas entidades para darmos legitimidade, sustentabilidade e credibilidade para que ela, CBDA, consiga efetivar os vultuosos contratos com os Correios e outras grandes empresas, em troca de uns famigerados computadores, sistemas eletrônicos de competição (placas, etc.) e as já famosas medalhas, que diga-se de passagem não estava ao alcance de todos, não esquecendo da hospedagem “placeba” que ocorre uma vez ao ano por ocasião da AG, apenas isso, sem esquecer os muitos blá, blá, blás…

         A CBDA, ou o Coaracy, não conseguem perceber que todo o trabalho com as suas cinco modalidades olímpicas se dá a partir de sua base nos Clubes, Associações e Escolinhas de Natação, indo além, prosseguindo até o ápice do sucesso dos atletas, sendo apoiados de forma abnegada pelas Federações que por vezes mendiga em parceria com os Clubes às portas de governos e empresas tentando concretizar ações. Falta-lhes a sensibilidade e visão para se investir em um suporte financeiro significativo para qualificar metas locais e dessa forma alavancar de forma sustentável o desporto aquático brasileiro a partir de sua base, valorizando a regionalização de modo contínuo e duradouro, onde na atualidade, paga-se mal treinadores, oferece-se prêmios insignificantes aos atletas e entidades, pais explorados, sendo comum aos dirigentes exercitem a abnegação e a corda bamba financeira.

         Pra finalizar amigos, creio que ainda há solução para resolvermos essa pendenga, vamos aproveitar o momento social por que passa nosso Brasil com esse movimento nacional expressado de forma emblemática nas ruas e vamos pro embate, finalmente. CONCORDO com o colega Presidente Márcio do Maranhão e vamos fazer um grande boicote às competições do Calendário Nacional; possa ser que tenhamos outras ideias de confronto, colocá-las em prática será necessário, quem sabe. Vamos demonstrar nossa insatisfação, somente assim eles nos perceberão… vamos parar de sermos covardes e agirmos de forma bem mais enfática em nossas atitudes, vamos deixar um legado, está na hora de fazermos história, vamos dar um basta e pararmos com essas conversinhas com a CBDA, sem direção e objetividade, vamos nos arrepender pelo que fizemos e não pelo que poderíamos ter feito, é mais digno, e lembro que dessa vida não levamos nada, apenas nossa história e nossa dignidade. Ainda há tempo!!!!!

Nadylson Rodrigues, Presidente Federação Aquática de Rondônia 

NOTA DO BLOG:

As Federações Estaduais manifestaram seu descontentamento com a CBDA na Assembléia Geral em março passado. Numa reunião no dia anterior, um movimento foi organizado no sentido de solicitar uma ajuda direta da CBDA que recebe verba federal e dos patrocínios que jamais são repassados para as entidades estaduais. O impasse surgido momentos antes da re-eleição de Coaracy Nunes gerou um mal-estar e uma promessa de que o Presidente Coaracy iria levar adiante uma proposta  no sentido de ajudar as federações. Coaracy reconheceu a necessidade mas desde então nada foi feito.

Esta mensagem foi enviada a todos os Presidentes de Federação com cópia a CBDA, que até agora não se manifestou.

O que podemos aprender disso? Quer dizer, o que podemos dizer sobre isso, porque eu já aprendi a lição há algum tempo, mas outros insistem em tomar um caminho diplomático com uma pessoa que demonstrou – e agora provou – ter interesse apenas no voto das Federações e não no desenvolvimento das mesmas?

Alguns acordaram mas estão numa situação que deverá aguardar longos – e picantes – 4 anos. Ou não.

Não.

A tal prestação de contas que a Confederação presta às Federações Estaduais é um item que pode impedir o mandato de ser completado.

Diz o artigo 12 do Estatuto:

As obrigações contraídas pela CBDA não se estendem às suas filiadas, assim como as obrigações contraídas pelas suas filiadas não se estendem à CBDA, nem criam vínculos de solidariedade. As rendas e recursos financeiros da CBDA, inclusive provenientes das obrigações que assumir serão empregadas na realização de suas finalidades.

Já o item b do artigo 47 diz que é competência do Conselho Fiscal:

apresentar à Assembléia Geral denúncia fundamentada sobre erros administrativos ou qualquer violação da Lei ou deste Estatuto, sugerindo as medidas a serem tomadas, inclusive para que possa, em cada caso, exercer plenamente a sua função fiscalizadora;

Se algum presidente de Federação quiser contestar a Confederação, eis um caminho via Conselho Fiscal, que por conveniência é criado a dedo pelo presidente da CBDA.

Mas é preciso coragem antes de mais nada, coragem que faltou à muitos no momento de enfrentar, isso que eles tinham uma vantagem que Coaracy Nunes não poderia perder: o voto.

3 Comments
  1. Cabral 8 anos ago
    Reply

    Muito boa a mensagem do Presidente da federação de Rondônia, em especial pelo fato dele reconhecer que as Federações tem culpa em todo este processo vergonhoso que vem ao longo dos anos matando os esportes aquáticos do Brasil. A pergunta agora é, vão ficar no discurso? Vão ficar chorando as esmolas prometidas, eu vou partir para as ações?
    É hora de mostrar a cara, dar um passo a frente. É chegada a hora de federações e clubes pararem de olhar para o próprio umbigo e irem a luta.
    Esta na hora de atletas e técnicos pararem de arranjarem desculpas e irem a luta, todos juntos. vamos parar os esportes aquáticos assim como paramos o Brasil nestas últimas semanas.
    Boicotemos as competições, jogos e qualquer coisa organizada pela CBDA. Quero ver uma competição programada para passar na poderosa TV Globo ser boicotada.
    Organizemos Ligas de Natação, saltos, Polo, Nado, Maratonas. Criemos, como acontece em diversos países, vejam site da FINA, Federações dos cinco esportes aquáticos independentes.
    Porque os EUA, Canadá, Austrália, Sérvia, Rússia, Montenegro, Croácia, Hungria entre outros podem e nós não.
    Chega é a hora do basta, do MUDA CBDA, ou vamos continuar a nos vender em vagas na seleção, em promessas que de antemão sabemos que não vão ser cumpridas.
    Até quando presidentes de federações vão continuar a se vender por computadores, técnicos com viagens, atletas com falsas promessas de benefícios próprios.
    Vamos dar um passo frente ou não? Todos juntos ou separados? O que queremos e como queremos? Vamos para a porta da CBDA e exigir mudanças. Se não fizermos agora, paremos de reclamar e vamos esperar calados 2017…….

  2. Aninha 8 anos ago
    Reply

    É inacreditável que mais de 20 presidentes de federações, barbados e com experiência no mundo aquático (ao menos é o que gostam de dizer…), tenham caído em mais um conto do vigário.

    Há anos a situação é esta… não vai me dizer que acharam que AGORA, e que com eles, a coisa seria diferente?!?!?!?! Poupem-me desta demagogia!!!

    A cada Assembleia Geral um grande evento: jantas, almoços, bom hotel, passeios, transporte, etc, etc…Um grande show de um Grande Mestre de Cerimônias, o ápice: o show dos palhaços, opa… digo: a votação do grupo da foto que mais parecem os acionistas da Belíssima (alguém lembra daquela novela com a Glória Pires, onde os figurantes-acionistas só balançavam a cabeça e que virou piada?).

    Pois é, aqui são os acionistas-palhaços e nós a plateia que não acha mais a mínima graça nessa palhaçada!!!!

  3. Ricardo Silva 8 anos ago
    Reply

    Peçam Impeachment !!! Não é só Rondônia que está descontente, vários presidentes estão, porem tem medo de retaliações por ainda dependerem de esmolas da CBDA. O norte e nordeste já são voto suficientes para colocarem-no pra fora. Se não estiver enganado, dois terços da assembleia precisam votar para expulsa-lo. em paralelo, façam a liga independente e criem e disputem as competições ao mesmo molde, porem sem vinculo com a CBDA e se não for possivel realizar em territorio nacional, faça no pais vizinho, depois quem assumir se compromete a oficializar os resultados. Os gastos com viagem e hospedagem acontecerá do mesmo jeito. O MUDACBDA fala do Conselho FIscal, ACORDEM, todos estão comprados. vcs terão que provar por a+b que houve fraude, desvio ou coisa parecida. Se os proprios presidente aprovam as contas na assembleia. não é este o caminho. Tem que estudar o estatuto e ver a brecha. Cade a ATA da Assembleia? O que ficou dito e acordado entre as Federaçoes e a CBDA, tentar não é dizer que vai fazer.

Leave a Comment

Your email address will not be published.

You may also like