Uncategorized

Juiz decide pelo afastamento cautelar de 5 dirigentes da CBDA

No dia 24 de outubro de 2016, uma decisão judicial – cautelar, é bom que sempre avise – pede o afastamento imediato do presidente Coaracy Nunes Filho, do vice-presidente Luiz Soares, do diretor financeiro Sérgio Alvarenga, do coordenador técnico de natação Ricardo de Moura e do coordenador técnico de polo aquático Ricardo Cabral.

Esta é a segunda vez na história da CBDA, fundada no dia 21 de outubro de 1977, que acontece um afastamento do presidente. Em 1985, conforme relata Maviael Sampaio no blog Epichurus, a União Nacional de Nadadores fundada naquele ano apoiava a oposição (Coaracy Nunes Filho) e houve irregularidades no processo eleitoral que elegeu Ruben Dinard. A CBDA, com esta sigla, existe desde 1987, porque antes a entidade máxima dos esportes aquáticos brasileiros chamava-se Confederação Brasileira de Natação – CBN.

Segundo a memória de Maviael, hoje técnico muito bem sucedido da Universade de North Dakota:

(…) A criação da UNN (União Nacional dos Nadadores) se deu em Campinas, durante o Troféu Brasil de 1985, em uma reunião após uma das etapas da competição no Círculo Militar de Campinas. E esse foi um momento importantíssimo para a evolução do esporte.
As condições da competição eram terríveis, e isso foi a “gota d’água” para o início da UNN.
Com uma participação massissa dos atletas (mais de 70%), foi eleita uma comissão para legalizar a associação, e para defender os direitos dos atletas junto à CBN (Jorge Fernandes, Djan Madruga, e esse que vos escreve). Mas a nossa missão imediata era a de apoiar a oposição nas eleições da CBN qua ocorreriam alguns dias (ou semanas ???) após o campeonato.
A eleição ocorreu na sede do COB (centro do Rio), com uma grande cobertura jornalística. Infelizmente a situação ganhou a eleicão. Porém, algumas irregularidades no processo de votação foram detectadas, e nós (UNN) fomos à luta.
Contactamos o Ministério da Educação (na época as federações esportivas eram ligadas ao Ministério da Educação), e conseguimos intervir na CBN 3 vezes. Esssa luta durou por volta de dois anos. Tivemos audiências diretas com os Ministros da Educação (Marco Maciel, e Jorge Bornhausen). Interventores assumiam o comando da CBN por algumas semanas, mas as intervenções eram revogadas por meio de liminares, e o Ruben Marcio voltava à CBN.
O caso foi parar em Brasilia, no Tribunal Superior de Justiça Desportiva. Mas nós (UNN) perdemos.
O bom disso tudo foi que a direção da CBN (Ruben Marcio, e cia) chegaram a conclusão que seria melhor “sair”. Com isso veio a “negociata” que o meu amigo Jorge se refere: o Ruben Marcio foi pra FINA, e o Coaracy assumiu a CBN (CBDA). (…)

Com recém-completados 39 anos de história, a CBDA, como pode-se notar, vive novamente um período político turbulento, e notamos que tanto para entrar quanto para sair Coaracy Nunes Filho esteve envolvido em grandes processos judiciais.

Até o momento, dia 27 de outubro de 2016, 19h00, os citados na decisão ainda não receberam a ordem judicial e ainda permanecem nos cargos.

Confira a decisão judicial completa:

decisao-mpf-x-cbda-24-outubro-2016_page_01
decisao-mpf-x-cbda-24-outubro-2016_page_02
decisao-mpf-x-cbda-24-outubro-2016_page_03
decisao-mpf-x-cbda-24-outubro-2016_page_04
decisao-mpf-x-cbda-24-outubro-2016_page_05

decisao-mpf-x-cbda-24-outubro-2016_page_06

decisao-mpf-x-cbda-24-outubro-2016_page_07

decisao-mpf-x-cbda-24-outubro-2016_page_08

decisao-mpf-x-cbda-24-outubro-2016_page_09

decisao-mpf-x-cbda-24-outubro-2016_page_10

decisao-mpf-x-cbda-24-outubro-2016_page_11

decisao-mpf-x-cbda-24-outubro-2016_page_12

decisao-mpf-x-cbda-24-outubro-2016_page_13

decisao-mpf-x-cbda-24-outubro-2016_page_14

decisao-mpf-x-cbda-24-outubro-2016_page_15

decisao-mpf-x-cbda-24-outubro-2016_page_16

decisao-mpf-x-cbda-24-outubro-2016_page_17

decisao-mpf-x-cbda-24-outubro-2016_page_18

decisao-mpf-x-cbda-24-outubro-2016_page_19

decisao-mpf-x-cbda-24-outubro-2016_page_20

decisao-mpf-x-cbda-24-outubro-2016_page_21

decisao-mpf-x-cbda-24-outubro-2016_page_22

decisao-mpf-x-cbda-24-outubro-2016

Leave a Comment

Your email address will not be published.

You may also like